Segunda-feira, 30 de Março de 2009

subo devagar



subo devagar
muito devagar subo...

demasiado devagar
 
pesa-me este meu
cansado andar
nesses pesados
degraus

sem pressa de chegar a nenhum lado
 
sem pressa de saber de onde vem aquela
radiosa luz
 
algo me chama
algo me diz para subir...

e a contra gosto subo
essa escada contorcida
a alma
manda-me parar
o corpo manda-me subir

e....

 
subo esses degraus pesados
que de tão pesados me cansam

e

 
na beleza da luz
me fascino por tudo...
cansada
me fascino por nada...

vou subindo devagar
 
uma escada que não conheço
uma escura escada
que não me atemoriza
 
atarida por
uma luz que não conheço

 
fascinada
 
começo agora a subir
subo degraus altos
pesados
cansada de subir
não desistindo dessa radiosa luz

 
a luz que não me incomoda

pensando não ter força...
 
hipnotizada por nada...
 
comecei a subir
agora não posso parar

 
agarrada ao forte corrimão
que sei não me deixar cair
subo
devagarinho
e sem medo...

 
pés pesados
pernas cansadas
já sem força
comandados por nada...
continuam a subir
e
 
sobem

porque a luz é diferente
a luz é sempre tão diferente

 
sobem
nem sabem porque
 
não controlo esse subir
e
vou subindo
sem medo de cair

 
subo
devagarinho subo
não sabendo quando chego
a essa mágica luz

 
já não me importa o tempo
já só me importa a luz
essa fascinante luz !
 
que de repente...
me fez querer subir
esta pesada escada

e cansada
subo
mesmo quase sem querer

 
subo
subo devagarinho
subo
 
sabendo que um dia vou chegar a essa luz...
a essa diferente luz...
 
devagarinho
e sem medo
 
 
 
subo


 
 
Teresa Maria Queiroz/Janeiro2009
 
foto cedida por José Dias Correia
 
(obrigada Zé pelas fantásticas fotos!)

publicado por ampulhetas1 às 01:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. subida

. não há cura...

. harmonioso caminho

. caleioscópio

. rosto perdido

. desafinar sem querer

. se estou louca...são cois...

. morte lenta

. rabiscos de fùria...

. noiva de plástico

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

.favoritos

. outro dos filmes....

. rever

. Um dia de trabalho...

. Foste feita para mim...

. AMOTE

. café

. Parece que o dono deste c...

. ENCONTRO A HISTÓRIA DEVID...

. AS COISAS QUE ESCAPAM

SAPO Blogs

.subscrever feeds