Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

desafinar sem querer


Harmonioso e bem estruturado, gostaria de ser o sentimento. Tal e qual como martelos de piano que tocam certos e precisos, batem devagar, nas cordas que lhes pertencem...e sempre sem improvisar.
E se o meu martelo de piano não acerta na corda como deve ser ...desafina e toca uma melodia diferente de tudo aquilo que se espera, ou não desafina mas confunde a música.
Troca as notas e compõem uma canção
irrepetível, subtil e fascinante ...uma música que soa a amor, uma musica que sai de martelos de piano,de cor pardacenta e tão perfeitos ...demasiado perfeitos.
Que choram sem saber o que é chorar, e misturam gargalhadas com prantos, sem dividir nem dissipar...
Desestruturado, o sentimento enche-se daquela estranha harmonia, não se repete na melodia, não por não querer ... é só mesmo por lhe faltar outra perícia.
O sentimento nunca se repete...improvisa...é sempre inesperado, o som que vai criar...improvisar.

Ninguém ensinou o sentimento a viver , ele nasce para tocar de ouvido e sempre duma forma descoincidente, toca só a melodia que sente no seu presente, e por isso nunca a repete...
ruma sem saber, a um hipotético futuro,
esquecendo a música que tocou ainda agora ,agora mesmo! Num momento tão presente, sabe que tocou a melodia que queria ... só aquela que sentia...
Pediram
biz... aplaudiram de pé! Queriam mais...outra vez...
Atrapalhado,sem se saber repetir, o sentimento fugio sem tempo de agradecer os aplausos... que pensou nunca merecer, correu por aí por qualquer lado ...procurando um tambor ...uma guitarra que tocasse o seu chorar melodioso... correndo por aí por um sítio qualquer, iria encontrar a orquestra que num nunca mais acabar de tocar, o conseguia eternizar

.


O sentimento não conhece o presente ... esquece logo o que tocou, já nunca mais se vai lembrar como aquela música lhe soou...

Teresa Maria Queiroz/Abril 2009

foto de ...José Dias Correia

publicado por ampulhetas1 às 21:51
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. subida

. não há cura...

. harmonioso caminho

. caleioscópio

. rosto perdido

. desafinar sem querer

. se estou louca...são cois...

. morte lenta

. rabiscos de fùria...

. noiva de plástico

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

.favoritos

. outro dos filmes....

. rever

. Um dia de trabalho...

. Foste feita para mim...

. AMOTE

. café

. Parece que o dono deste c...

. ENCONTRO A HISTÓRIA DEVID...

. AS COISAS QUE ESCAPAM

SAPO Blogs

.subscrever feeds