Segunda-feira, 30 de Março de 2009

tentando arrancar

Terça-feira, Dezembro 30, 2008


quando queremos apagar aquilo que não se pode

apagar tudo o que fomos antes

esquecer o desamor ...

destruir o amor..

esquecer a indiferença de quem nunca nos devia ser indiferente

de amor ódio nos construímos
até á perfeição do mais doloroso

nunca conseguimos deixar de pensar

nunca conseguimos existir
deambulando por aí
maltratamos sem querer

sem culpa de termos sido um

dia maltratados sem querer

angústia permanente
compensada com sorrisos que fogem

compensada com amores que não sabemos guardar

ódio de não saber guardar o amor

amar como..?
se nunca nos ensinaram a amar

amar como..?
se nunca nos beijaram as lágrimas escondidas
quando meninos

amar como...?
se nunca o amor morou na nossa casa

amar como

se nunca nos disseram que a vida é feita de amor e não de dor

tentar ...
mesmo assim tentar

culpar
culpar qualquer coisa
culpar alguém
sem coragem de culpar ninguém

vida de amor ódio
extrema
sempre extrema e contida

meu amor como te posso amar a ti
se tanto queres o amor que não sei existir

sem aprender fiquei
e te culpo sempre...
onde estavas ...quando sem saber que existias eu tentava não arder em cinzas

onde estavas ...
não sabia que existias

quando nas noites que não acabavam eu me sobressaltava.... eu menino não queria crescer

onde estavas...
quando como um fantasma vivi
quando como um fantasma me olhavam

onde estavas meu amor quando eu ..
sem saber porquê não podia falhar

hoje não te encontro
assim como ontem não te encontrei

hoje perdi-te numa tempestade ... em que sobrevivemos...
pergunto-me para quê ...

hoje odeio-te ....só porque não sou capaz de te amar
hoje
como em todos os dias da minha vida...

hoje...
só quero começar a viver

não sabendo como isso se faz

hoje..
como tantas vezes só sei que não existo

tentando arrancar este corpo de mim


teresa / dezembro 2008

publicado por ampulhetas1 às 00:48
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 7 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. subida

. não há cura...

. harmonioso caminho

. caleioscópio

. rosto perdido

. desafinar sem querer

. se estou louca...são cois...

. morte lenta

. rabiscos de fùria...

. noiva de plástico

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

.favoritos

. outro dos filmes....

. rever

. Um dia de trabalho...

. Foste feita para mim...

. AMOTE

. café

. Parece que o dono deste c...

. ENCONTRO A HISTÓRIA DEVID...

. AS COISAS QUE ESCAPAM

SAPO Blogs

.subscrever feeds