Segunda-feira, 30 de Março de 2009

contrastes

Sábado, Janeiro 17, 2009

sempre sentindo o contraste

sempre o vazio dos metálicos

contrastes

o contraste que não quero

não quero contrastar o meu sentir-te

não contrasto o meu querer

contraste que

não me improvisa

esse

contraste

contrasta-me

afasta-me

mesmo sem querer

lindo em figuras

lindo em cores

em pinturas vivas

pesado no seu metálico ser ...

incómodo nos amares

incomodo no amar-te...

amores esses...

harmonizados pela osmose

aquela osmose do amor

que sempre contrasta com contrastes

a osmose que quem ama

sempre procura

encontrando sempre contrastes

que não deixam o amor ser uno

ser um só

...fundido num só ser

os contrastes que a vida nos deixa ver

apelativos ao olhar

inimigos do amar

o contraste não me improvisa

não me inespera nunca

é frio

é real

é estético

objectivo

autêntico

racional

sem se amarem..esses

contrastes só contrastam

esperando um dia

poderem contrastar o amor

esse amor...que puro seria

na fusão dos seus contrastes

na osmose de duas cores

 

Teresa Maria Queiroz/2009

(foto gentilmente cedida por José Correia Dias )


publicado por ampulhetas1 às 01:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. subida

. não há cura...

. harmonioso caminho

. caleioscópio

. rosto perdido

. desafinar sem querer

. se estou louca...são cois...

. morte lenta

. rabiscos de fùria...

. noiva de plástico

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

.favoritos

. outro dos filmes....

. rever

. Um dia de trabalho...

. Foste feita para mim...

. AMOTE

. café

. Parece que o dono deste c...

. ENCONTRO A HISTÓRIA DEVID...

. AS COISAS QUE ESCAPAM

SAPO Blogs

.subscrever feeds